O catequista, testemunha da vida nova em Cristo

«O catequista, testemunha da vida nova em Cristo» é o tema do III Congresso Internacional de Catequistas que se realiza em Roma de 8 a 10 de setembro deste ano de 2022.

Organizado pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (CPPNE), órgão da Santa Sé com a responsabilidade do setor da catequese, a iniciativa vai contar com catequistas de todo o mundo e refletir sobre o “lugar e o papel” destes agentes numa Igreja que se pretende, cada vez mais, sinodal.

A 8 de setembro os trabalhos iniciam-se pelas 16h00 locais (NDR: menos uma hora em Portugal Continental) com a intervenção de D. Rino Fisichella, presidente do CPPNE, sob o tema «O catequista, testemunha da vida nova em Cristo». Pelas 16h45 o padre Antonio Pitta, pró-reitor da Pontifícia Universidade lateranense apresenta o tema «Chamados à liberdade» (Gal 5,13): Kerigma vida nova [CCC 1691 – 1715].

O bispo de Plymouth, e presidente do departamento de Evangelização e Catequese da Conferência Episcopal de Inglaterra e Gales, traz à reflexão «A vocação do Catequista» a partir da Carta Apostólica, sob «Motu proprio» Antiquum ministerium, do Papa Francisco.

O dia termina com a intervenção do cardeal D. Mario Grech, secretario geral do Sínodo dos Bispos que analisa, a partir das 18h45 locais, o tema «A perspetiva sinodal para uma catequese evangelizadora».

Na manhã do dia 9 de setembro, e após a celebração da eucaristia no altar da Cátedra na Basílica de São Pedro, no vaticano, «Liberdade pessoal e consciência eclesial [CCC 1730-1748; 1776-1785] é o tema em reflexão pelo professor Robert Cheaib, da faculdade de Teologia da Universidade Católica de Lyon, na França. Pelas 10h45 o padre Mário Marcelo Coelho, SCJ, da Faculdade Dehoniana de São Paulo, no Brasil, apresenta o tema «10 mandamento e as bem-Aventuranças: A catequese ao serviço da formação». A manhã de trabalho encerra com o tema «O contributo da catequese para o renovamento eclesial e social pelo padre José Luis Segovia Bernabé, vigário episcopal para o desenvolvimento humano da arquidiocese de Madrid, em Espanha.

Da parte da tarde realizam-se vários workshops e ateliers temáticos por grupos linguísticos.

No último dia do Congresso, a 10 de setembro, a manhã começa com «Alegres mensageiros de uma grande proposta» (EG 168), catequese, moral e santidade [CCC 2012-2031], por Donna Lynn Orsuto, da Pontifícia Universidade Gregoriana, de Roma. Segue-se o tema «catequese e moral: Algumas experiências pastorais» que vai contar com os subtemas «O Caminho de Santiago, itinerário de conversão e desafio para a evangelização»; «O centro Mobokoli; formação de casais de catequistas para o anuncio da fé a promoção humana»» e «Real+ verdadeiro, um projeto de evangelização através das redes sociais».

O congresso termina pelas 11h45 com a presença do Papa Francisco.

Os interessados podem inscrever-se indivualmente ou em grupo AQUI.

Fonte: Educris