«Novo Diretório» no centro do Encontro Interdiocesano de Catequistas

Dioceses do centro de Portugal organizam nova formação centrada no Diretório para a Catequese.

O novo Diretório para a Catequese será o tema do 49º Encontro Interdiocesano de Catequistas, a realizar nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro de 2021, este ano totalmente online. Nas atuais circunstâncias, marcados pela pandemia, e na impossibilidade de reunir os catequistas das dioceses de Leiria-Fátima, Lisboa, Portalegre – Castelo Branco, Santarém e Setúbal da forma habitual, em Fátima, o programa foi adaptado para que a formação decorra pelos meios digitais.

A iniciativa tem início na sexta-feira, dia 12 de fevereiro, pelas 21h00, com a intervenção do diácono Paulo Campino, diretor do Serviço de Catequese de Santarém, e que apresenta uma «Visão geral do Diretório».

No sábado, dia 13, o padre Tiago Neto, do Patriarcado de lisboa, apresenta o tema «Identidade da Catequese», numa sessão online a partir das 15h00. 

No dia 14, domingo,  também a partir das 15h00, Maria Luísa Boléo, do setor da Catequese de Lisboa, apresenta o capítulo X do Diretório, sob o tema «A catequese diante dos cenários culturais contemporâneos». Segue-se um tempo de ateliês para o aprofundamento de alguns dos cenários apresentados com temas como «Catequese e mentalidade científica», «Catequese e cultura digital», «Catequese e bioética», «Catequese e integridade da pessoa e Opção pelos pobres», «Catequese e compromisso ecológico».

Toda a formação decorrerá através da plataforma Zoom. As inscrições decorrem até ao dia 9 de fevereiro através deste FORMULÁRIO.

Programa detalhado do Interdiocesano 2021 AQUI

Fonte: Educris

Leiria-Fátima: Curso Online analisa «Eucaristia: culto, cultura e arte»

Iniciativa acontece online até maio de 2021

O Centro de Cultura e Formação Cristã da Diocese de Leiria-Fátima está a promover uma formação online sobre o diálogo entre a arte e o culto eucarístico.

A formação online «Eucaristia: culto, cultura e arte» pretende mostrar os “vínculos entre a arte e a experiência religiosa” como “manancial a explorar” nos diversos contextos.

“Pela sua capacidade de dizer o indizível e de nos elevar o espírito, a arte mostra-se capaz de materializar a experiência religiosa, sem deixar de nos remeter para o transcendente”, explica a organização num comunicado enviado hoje ao EDUCRIS.

Continuar a ler

UCP: Jornadas de Teologia decorrem de 1 a 4 de fevereiro

Entre os dias 1 e 4 de fevereiro, a Faculdade de Teologia vai realizar, em colaboração com a Diocese do Porto, a Diocese de Vila Real e a Irmandade dos Clérigos, as Jornadas de Teologia 2021 que terão como tema: “Um só Corpo, um só Batismo” (Ef 4, 4) – A Diversidade dos Carismas e a Construção da Comunhão. Este ano, devido à situação pandémica que estamos a viver, as jornadas serão todas on-line.

Continuar a ler

Como fazer a Lectio Divina?

Lectio Divina é um exercício de escuta pessoal da Palavra de Deus. Funciona como uma escada de quatro degraus espirituais.

A Bíblia é a Palavra de Deus viva, é a comunicação do Senhor que se releva ao Seu povo, relatando a história do povo de Deus, as Suas promessas e a Sua vitória sobre a morte. Dentro da Comunidade Católica Shalom, a vivência com a Palavra é fundamental e essencial para cultivar e crescer na amizade com Deus. O método utilizado para o estudo bíblico é a Lectio Divina.

Lectio Divina é um exercício de escuta pessoal da Palavra de Deus. Funciona como uma escada de quatro degraus espirituais: Leitura, Meditação, Oração, Contemplação. Sendo que os degraus são mais para a compreensão, pois o Senhor, na liberdade do seu Espírito, pode elevar à oração e à contemplação no momento que lhe aprouver. É preciso, portanto, estar aberto à ação do Espírito Santo: “Buscai na leitura e encontrareis na meditação; batei pela oração e encontrareis pela contemplação” (Monge Guido II, Idade média).

Continuar a ler

Formação sobre a plataforma ZOOM no SDEC Porto

Atendendo a que, devido à pandemia, numerosos grupos estão a fazer catequese online, o SDEC disponibiliza uma segunda formação sobre a plataforma zoom.

Esta destina-se aos catequistas que sentem dificuldades em utilizar a mesma ou em gerir o grupo a partir desta plataforma.

Para receber o link de acesso à formação, preencha o formulário até dia 13 de janeiro.

Formulário de Inscrição

Ferramentas digitais na catequese: antes assustadoras, hoje fundamentais!

As catequistas no Patriarcado de Lisboa, Filomena Capelo e Chandra Martins, falam da importância da formação em ferramentas digitais.

Em entrevista à Agência ECCLESIA, a catequista Filomena Capelo afirma que as ferramentas digitais na área da catequese foram, inicialmente, “assustadoras”, mas neste momento “são fundamentais para garantir um trabalho de evangelização”.

Com 70 anos de idade e mais de 50 como catequista na Paróquia de Santo António de Moscavide (Patriarcado de Lisboa), Filomena fez uma formação em ferramentas digitais na catequese e aprendeu que, “mesmo presencialmente as ferramentas digitais podem ajudar a tornar a mensagem mais cativante”.

De acordo com a catequista “Não é publicidade enganosa, mas mais cativante para os nossos próximos missionários catequistas”

Continuar a ler

Reza assim, diz ele. E rezou.

A maneira de Jesus fazer oração dava aos seus discípulos vontade de rezar como ele. E, quando lhe disseram isso, Jesus rezou com eles.

Chamou a Deus “Pai”, e disse-lhe que queria viver de tal maneira que desse bom nome a Deus. É isso que significa “Santificado seja o Teu Nome”. O de Deus, não o nosso! O segredo é fazer de Deus a questão mais importante da vida.

Depois, Jesus disse ao Pai que o seu maior desejo era que o Reino de Deus chegasse a nós e se cumprisse entre nós: “Venha o Teu Reino!” Não é simplesmente um pedido, mas sim um consentimento e uma disponibilidade para colaborar nesse Reinado de Deus. Por outras palavras: fazer a vontade de Deus e pôr o mundo como Deus gosta. Viver como Deus manda!

Continuar a ler

«Diretório apresenta desafios para a conversão pastoral», Cónego Luís Miguel Figueiredo Rodrigues

Catequeta analisa pertinência e desafios do novo documento da Igreja para a Catequese na formação dos presbíteros e na reflexão teológica

O cónego Luís Miguel Figueiredo Rodrigues considera que o Diretório para a Catequese, entregue ontem na sua edição portuguesa aos bispos portugueses, “apresenta desafios para a conversão pastoral da Igreja”.

Continuar a ler

Formação: a web ao serviço da catequese (SDEC Porto)

«Catequista/testemunha ao serviço de uma experiência de fé na web»

Atendendo a que é incontornável a questão digital na educação/catequese e para dar resposta a alguns pontos das “emergências pastorais” e dos objetivos apontados no Plano Pastoral da nossa Diocese, o SDEC disponibiliza para os catequistas um processo formativo na modalidade e-learning: «Catequista/testemunha ao serviço de uma experiência de fé na web».

Continuar a ler